R. Francisco Leitão, 258, São Paulo - SP
Carrinho 0 items - R$0.00 0
especialistas em dislexia
Guia desenvolvendo a auto-estima em crianças com transtornos de aprendizagem

Material adaptado da British Dyslexia Association

1. Livro de Sorrisos – todos os dias, escreva algo que a criança fez para que leve para
casa e mostre aos pais.

2. Faça uma lista de todas as coisas que a criança consegue fazer, bem como do que ela não consegue e gostaria de melhorar.

3. Faça um filme ou uma montagem de fotos de várias coisas positivas que a criança
consegue fazer.

4. Concentre-se em coisas que os alunos podem fazer.

5. Desenhe uma escada, onde os degraus mais baixos representem as coisas que eles podem fazer e os degraus seguintes representam pequenos passos para que eles atinjam os próximos objetivos.

6. Tente identificar pequenas responsabilidades que a criança pode ter e com as quais ela possa desenvolver seu senso de ser prestativo.

7. Elogie tanto quanto possível.

8. Elogie por outras coisas que não seja sucesso acadêmico/escolar, como por exemplo. pensar no outro.

9. Crie uma ‘Parede da Fama’ para colocar as conquistas.

10. Faça listas junto com a criança de qualidades que ela gosta em amigos ou pessoas em que ela confia.

11. Organize os alunos em duplas, sendo que uma das crianças deve usar uma venda nos olhos. A que estiver sem a venda tem que guiar a que está vendada ao redor de obstáculos, como cones. Depois elas trocam de lugares. Isto encoraja a confiança e o senso de responsabilidade, sobre os quais se pode conversar depois.

12. Crie fichas com recompensas e tarefas. Cada criança tem que pegar uma ficha. Algumas pegarão uma recompensa outras pegarão uma tarefa. Isso encoraja responsabilidade.

13. As crianças têm que fazer uma lista de qualidades que eles prezam/apreciam em outras pessoas. Você faz uma lista ou seleciona fotos de pessoas famosas que mostram essas características.

14. Fale sobre os super-heróis e faça uma lista de características que mostram que eles são autoconfiantes.

15. Envolva as crianças numa área da escola que necessita de melhorias – pode ser um vaso de janela que precisar ser plantado ou uma área que precisa ser limpa e arrumada; contanto que dê a eles um senso de responsabilidade e confiança.

16. Escolha algo que a criança gostaria de aprender ou melhorar e, usando o desenho de uma casa, ajude-a a planejar como essa atividade seria feita, exatamente como uma casa: há etapas para fazê-la, partindo da fundação para cima.