Leitura, escrita e matemática: do desenvolvimento aos transtornos específicos de aprendizagem

Chegou uma obra em formato digital que faltava no Brasil. O e-book “LEITURA, ESCRITA e MATEMÁTICA: do desenvolvimento aos transtornos específicos de aprendizagem” faz um tour sintético e atrativo pelo desenvolvimento do tripé de aprendizagem escolar básica (não tão básica assim, considerando-se as estatísticas nacionais). As renomadas autoras revisam, ainda, o contínuo de possibilidades das dificuldades aos efetivamente transtornos específicos de aprendizagem.

Algumas características deste livro que me encantaram: clareza e acessibilidade linguística, com a escrita mediando teorias e práticas de avaliação da própria escrita e de suas coirmãs leitura e matemática; coerência e cronologia de subtemas que guiam o leitor a uma rota de aprendizagem sobre a aprendizagem; poder de síntese das principais informações para cada tema e subtema, mostrando uma relação entre macroestrutura e microestrutura textuais juntamente com teoria da mente, colocando-se no lugar dos leitores de diferentes áreas e diferentes níveis de estudo, do mais básico ao mais avançado; e, por fim, a capacidade de ilustrar e de exemplificar para guiar nossos estudos. Tenho lido muitas obras e muitos artigos sobre os temas deste livro, nacionais e internacionais. O mais bacana de tudo é que este livro me mostrou o quanto ainda aprendemos. Fiz seis páginas de anotação de frases essenciais, consolidadoras da minha aprendizagem como neuropsicóloga e fonoaudióloga, amante da leitura, da escrita e da matemática.

Qual é o público-alvo deste livro sob a lente desta humilde leitora prefaciadora?

1) Todos os estudantes e profissionais da saúde e da educação que investigam e praticam no campo do desenvolvimento típico e atípico da aprendizagem escolar formal;

2) todas as pessoas da sociedade interessadas no tema, incluindo pais, familiares e indivíduos com e sem dificuldades de aprendizagem. Minha gratidão pública a esta força-tarefa operacionalizada em forma de livro por um time de oito autoras que se debruçam sobre a aprendizagem há anos, pioneiras em tantas outras ações em prol de indivíduos aprendendo a ler, escrever e calcular!

Rochele Paz Fonseca
Professora titular e pesquisadora em Neuropsicologia na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Presidente da Sociedade Brasileira de Neuropsicologia (SBNp). Fonoaudióloga e psicóloga, especialista em Neuropsicologia pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia (CFFa).